quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Brasília e sua Hotelaria de quinta categoria e pensar que já foi de 5 Estrelas

Estarrecida, não tenho outro sentimento com relação ao Bom dia DF da TV  Globo Local, se metem a ser analistas sem conhecimento de causa.Fazem um jornalismo sem pesquisa e conhecimento típico de  iniciantes ( focas ).  Cadê o setor de pesquisas e os editores deste veiculo?
Antigamente a EMBRATUR classificava os hotéis, restaurantes e locais para a recepção dos turistas, hoje não é obrigatório isto ficou restrito aos preocupados em agradar e atender bem o cidadão turista.
Brasília hoje infelizmente não tem uma hotelaria de qualidade e digo sem susto, que são pouquíssimos hotéis de 03 estrelas de acordo com a convenção internacional de serviços do bem receberem. Por que hotel não é edificação, se assim fosse qualquer, clube poderia ter hospedagem. O que as pessoas ligadas a estes setores, que estão acostumados às coisinhas, terão que empregar muita gente para melhorar o serviço Hoteleiro. A quem interessa a mesmice? A população com certeza não é por que com a qualidade seriam criados vários postos de trabalho.
Neste mesmo BOM DIA/DF a especialista em Patrimônio e Tombamento, Mônica Veríssimo, em sua fala final como consultora contratada da TV Globo Brasília cometeu o pecado de opinar que SHN da 901 só seria usado por dois dias durante a Copa 2014. Para sua informação temos hoje espaços de eventos para atender  45.695 pessoas ( clique e veja discriminado ) com ocupação média de 70% dos Hotéis, me pergunto como estão sobrevivendo estes espaços ociosos que acreditaram em governos anteriores, que Brasília seria a Capital dos Eventos?
Aos que tem conhecimento do parecer do IPHAN são sabedores que a área da 901 também conhecida como expansão do setor Hoteleiro Norte não tem nada contrario desde que ali sejam criados corredores de lazer e garagens subterrâneas. Com Estádio Nacional Multiuso será possível trazer para Brasília/DF eventos esportivos, culturais e da indústria de eventos e negócios. É de conhecimento público, que Brasília e todo o DF foram criados sem as indústrias de chaminés e, para gerar empregos precisamos gerar serviços.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir