sábado, 12 de novembro de 2011

Eduardo Pedrosa alicia médica para atacar Agnelo Queiroz

Desmascarada a tentativa de forjar depoimento de Daniel Tavares para incriminar o governador Agnelo Queiroz (PT-DF) o empresário Eduardo Pedrosa, irmão da deputada distrital Eliana Pedrosa (PSD-DF) e conselheiro da, também, deputada distrital Celina Leão (PSD-DF), não desistem de seu intento. Agora, foi a vez da médica hematologista Jussara Oliveira Santa Cruz de Almeida.
Dra. Jussara Almeida, como é conhecida, foi condenada pelo TCU a devolver à União mais de R$ 300 mil, por ter as contas da sua entidade (Associação dos Voluntários, Pesquisadores e Portadores de Coagulopatias - Ajude-C), reprovadas, relativas a convênios do Programa Segundo Tempo do Ministério do Esporte.
Segundo seu próprio depoimento a Revista IstoÉ, Dra. Jussara confessa sua participação nas fraudes.

Mas a história é outra
Em 2004, durante a Operação Vampiro, Eduardo Pedrosa, considerado o braço político da Máfia dos Vampiros, chegou a ser preso e acusado de participar de um esquema de fraudes em licitações para  compras de hemoderivados no Ministério da Saúde.

Máfia dos Vampiros desviou aproximadamente R$ 2 bilhões do Ministério da Saúde através de contratos superfaturados para fornecimento de remédios específicos para o tratamento da hemofilia.

Em 2010, uma auditoria do Sistema Único de Saúde no Hospital de Apoio de Brasília - HAB detectou que uma ação semelhante estava a ocorrer no DF, recomendando à Secretaria de Saúde do DF investigar a compra e distribuição de hemoderivados. Logo após a abertura da sindicância, o governo do DF descobriu um esquema semelhante àquele da Máfia dos Vampiros que desviou em 2009, R$ 72 milhões dos R$ 180 milhões gastos na compra de hemoderivados.

A sindicância apurou que entre várias irregularidades que os remédios que deveriam ser distribuídos gratuitamente à população eram vendidos em farmácias de cidades mineiras e goianas. O SUS constatou que o consumo de remédios para hemofílicos no DF foi 179% maior do que a média do nacional em 2009.

O Hospital de Apoio de Brasília – HAB funcionava como entreposto para desvios e fraudes na distribuição dos hemoderivados.

Por determinação do governador do DF, Agnelo Queiroz, a Secretaria de Saúde providenciou o recadastramento dos pacientes hemofílicos, que em 2010 eram 470 pacientes e menos de 100 compareceram para se recadastrar, e até a Associação dos Voluntários, Pesquisadores e Portadores de Coagulopatias - Ajude-C, ONG dirigida pela Dra. Jussara Almeida que participa do programa de medicamentos para hemofilia terá seus cadastros de pacientes revistos.

Dra. Jussara Oliveira Santa Cruz de Almeida há muito priva da intimidade dos irmãos Eliana e Eduardo Pedrosa e juntamente com sua irmã Selene Oliveira Santa Cruz (coordenador de projetos do HAB) sempre foram as pontas de lanças dos Pedrosas no esquema de fraudes no Hospital de Apoio de Brasília – HAB.

Contrariado com a perda de centenas de milhões de reais que proviriam dos seus interesses escusos, impedidos pela severidade no trato da coisa pública imprimido pelo governador Agnelo Queiroz e os 14 partidos que compõe a base aliada, Eduardo Pedrosa alicia sua amiga e parceira Dra. Jussara Almeida, para outra vez lançar calunias contra Agnelo Queiroz

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Como é que o governador Agnelo afirmou que não conhecia o Daniel Tavares, sendo que lhe "emprestou" 5 mil? Nunca vi ngm emprestar dinheiro para quem não conhece... CAI LOGO, AGNULO! É vergonhoso ter um médico como governador que não faz NADA pela Saúde! E o pior, em tão pouco tempo já tem a imagem mais suja do que pau de galinheiro. AINDA BEM QUE VOTEI NA WESLIAN! kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Irmãos Metralha, ops... Pedrosa! atacam novamente! A família que sempre foi da base aliada do Governo local, o que significava contratos milionários - e irregulares - de suas empresas com o GDF, hoje está mofando numa oposição apagada e desesperada pelos holofotes duma mídia carniceira que faz tudo por audiência! Uma imprensa tendenciosa que joga a população contra o Governo, e tenta fazer de denúncias a verdade final sobre os fatos!

    Não sou governista ou oposicionista, apenas penso que não devemos engolir tudo que falam por aí!

    ResponderExcluir
  5. Este projeto de blog deveria se chamar: "Blog do Agnelo". Seria mais honesto...

    ResponderExcluir
  6. As armações politicas praticamente forjam a nossa cultura aqui no DF. Práticas como está são legado de governos anteriores... e também de oposições de outrora.
    É pena ver que o DF cai no ridículo de, mais uma vez, se ver envolvido em denúncias e armações.
    Tenho vegonha e pena da população do DF.

    ResponderExcluir